terça-feira, 12 de abril de 2011

Lovecraft: Fear the Unknown - Documentário analisa a vida, a obra e a carreira do criador do Cthulhu Mythos

É impressionate quando você para para pensar sobre quanto a obra de H.P. Lovecraft influenciou o gênero Horror e Ficção.

Especialmente nas últimas duas décadas, o alcance de Lovecraft se ampliou para todo canto imaginável por intermédio de filmes, quadrinhos, desenhos animados, arte conceitual, contos, novelas, romances, seriados, jogos de RPG, jogos de tabuleiro, video-games...

E o "culto" de fãs e entusiastas não para de crescer. Lovecraft hoje é um dos mais conhecidos expoentes do gênero, um dos mais importantes escritores do gênero no século XX, para alguns o maior de todos, ao lado de Poe.

Mas nem sempre foi assim, pelo contrário. A carreira de Lovecraft quando ele estava vivo foi marcada por períodos de altos e (muitos) baixos. Conseguir se sustentar sendo um autor free-lance era um desafio, quanto mais para um escritor do gênero fantástico que obteve reconhecimento apenas entre uns poucos leitores e colegas.

O próprio Lovecraft questionava a validade de sua obra e jamais estava realmente satisfeito. Ele era frequentemente atormentado pela incerteza de que seu trabalho iria perdurar. Acima de tudo ele se questionava se o que escrevia realmente era algo importante.

Ele também era bem conhecido como um tipo excêntrico que levou uma vida no mínimo estranha. Os pais morreram em instituições para doentes mentais e Lovecraft tinha um temor profundo que essa sina de família se repetisse com ele. Ele era um sujeito difícil, mergulhado em seu próprio mundo e o que o definia, era sua literatura. Lovecraft nunca teve uma vida convencional, era um indivíduo incapaz de se relacionar intimamente, de manter um trabalho fixo e que era partidário de idéias radicais sobre superioridade racial.

À despeito desses defeitos, Lovecraft era inegavelmente brilhante, não apenas por causa de sua inteligência (um auto didata que educou a si mesmo e que aprendeu a ler aos 3 anos de idade), mas em virtude de sua habilidade em criar conceitos inovadores e desenvolver contos incrivelmente detalhados.

A peculiar vida de Lovecraft foi analisada por dois de seus colaboradores mais fiéis: L. Sprague de Camp que escreveu Lovecraft: A Biography e S.T. Joshi, responsável pelo opus de 700-páginas, H.P. Lovecraft: A Life (que recentemente foi reeditado e conta agora com 1100 páginas!). Apesar disso algo parecia estar faltando.

Entra em cena o diretor Frank Woodward, responsável por produzir um documentário definitivo a respeito da vida e obra do mais famoso filho de Providence. Lovecraft: Fear of Unknown (Lovecraft: O Medo do Desconhecido) é uma produção com cerca de 90 minutos de duração que se propõe a examinar a conturbada vida do criador dos Mythos de Cthulhu.

Lançado em 2008, o filme recebeu prêmios e o reconhecimento da crítica, e de fato merece aplausos. Lovecraft: Fear of the Unknown relata cronologicamente a vida de Lovecraft desde a sua atribulada infância quando seu pai foi internado em um manicômio até a sua morte vitimado por um agressivo câncer intestinal em 1937, quando tinha apenas 46 anos. O filme também discute os aspectos evocativos de sua escrita, os temas mais importantes em sua obra, o apelo e impacto de suas estórias, e finalmente a influência e popularidade de suas criações.

É uma enorme quantidade de informação para apenas 90 minutos, mas o filme consegue atingir a profundidade desejada sem se esquivar dos temas mais polêmicos que incluem o anti-semitismo, xenophobia e suas controversas teorias raciais, questões tratadas como tabu por muitos fãs que preferem ignorar essa mácula.

O filme foi produzido com um alto grau de dedicação e atenção para os detalhes, é uma produção sólida e bem conduzida. Mesmo quem não simpatiza com o formato geral de documentários vai encontrar algo diferente nesse filme que tem uma edição ágil que não é nem um pouco cansativa ou lenta.

O diretor revela na faixa de comentários que enfrentou uma série de dificuldades enquanto desenvolvia o documentário: embora Lovecraft seja um autor contemporâneo, ele deixou poucas imagens, fotografias e material que pudesse ser usado. Woodward contornou essa questão recorrendo a entrevistas com profissionais cujo conhecimento da vida e da obra de Lovecraft são não menos que impressionante.

Estamos falando de nomes consagrados como Guillermo Del Toro, Neil Gaiman, John Carpenter, Peter Straub, Caitlin R. Kiernan, Ramsey Campbell, Stuart Gordon, S.T. Joshi, Robert M. Price, e Andrew Migliore todos artistas que se inspiraram na literatura criada por Lovecraft em algum momento de suas próprias carreiras. Apontar um único entrevistado como destaque parece injusto, prefiro dizer que todos levantam pontos de interesse e abordam tópicos relevantes.

Uma grande parte do filme consiste em material editado dessas entrevistas bastante interessantes onde fica claro o reconhecimento de cada um desses autores, diretores e estudiosos ao legado de Lovecraft. Mas o documentário não se resume a essas entrevistas, ele procura inserir imagens, fotografias e arte inspiradas pela obra de Lovecraft, ou seja, centenas de imagens das criaturas do Mythos e sequências de filmes B. Os jogadores de Call of Cthulhu inclusive vão reconhecer várias imagens de capas de jogos e arte interna de alguns livros.

Qualquer um com interesse no trabalho de Lovecraft ou na história do gênero horror achará Lovecraft: Fear the Unknown bastante interessante. Eu assisti ele pelo menos três vezes, para absorver todo o conteúdo e informações e achei o documentário simplesmente fantástico.

Para qualquer um que quer ter um insight da obra de H.P. Lovecraft, deseja saber um pouco mais a respeito de sua vida ou compreender como surgiram suas principais criações o filme é essencial.

O filme é muito difícil de conseguir aqui no Brasil. Infelizmente ele não está disponível para aluguel ou venda em nenhum formato, o meu eu consegui encomendar de um amigo que viajou para os EUA.

Abaixo está o documentário integral retirado do you-tube (sem legendas)

Parte 1:



Parte 2:



Parte 3:



Parte 4:



Parte 5:



Parte 6:


6 comentários:

  1. Documentário muito bom! Obrigado por terem postado; seguir-vos-ei :D

    ResponderExcluir
  2. Seja bem vindo Encaitar.

    Realmente o documentário é muito bem executado e produzido, uma pena que eu não tenha encontrado uma versão com legendas.

    ResponderExcluir
  3. Também procurei ele com legendas, mas não parece ter plano para ser legendado...uma pena.

    Ótimo post, aliás!

    ResponderExcluir
  4. Eu estou caçando a legenda! Mas definitivamente é muito bom!

    ResponderExcluir
  5. Podem encontrar aqui em Torrent legendado.

    http://filmesterrordownloads.blogspot.com.br/2013/04/lovecraft-fear-of-unknown-2008.html?showComment=1386103811872#c7836594009155991623

    ResponderExcluir