domingo, 14 de outubro de 2012

Cinema Tentacular: The Tall Man - Mistério e reviravoltas em um suspense acima da média


Vamos direto ao assunto para que ninguém faça confusão:

"The Tall Man" NÃO é um filme de terror. 


A forma como este filme vem sendo comercializado e o fato dele ser dirigido pelo francês Pascal Laugier, leva a esperar que esse filme seja um terror da melhor espécie, uma experiência perturbadora como MARTYRS filme de 2008 também dirigido por Laugier. A propósito, ele vem sendo cotado para a refilmagem de "Hellraiser", o que me parece ser uma boa idéia.

Eu assisti ao trailer antes de ver o filme e sinceramente não tem como afastar a sensação de que "The Tall Man" tem sido  falsamente vendido como horror, mesmo que, na verdade, ele esteja mais para um drama com generosas pitadas de suspense. Francamente, quem olha para o cartaz aí em cima, não tem dúvida sobre o gênero do filme. Além disso, muita gente tem comentado erroneamente que o monstro nesse filme seria o Slender Man, a famosa lenda urbana. Mas não! Esse é mais um rumor infundado e quem for esperando por isso, vai ficar chateado.

Mas então, se "The Tall Man" não é horror e nem trata de monstros sobrenaturais, porque ele está recebendo uma resenha no Mundo Tentacular (que é um Blog de horror?).

Para começo de conversa, "The Tall Man" é um filme muito interessante a respeito de como a impotência, o medo e a paranóia podem desestabilizar a população de uma pequena comunidade. A maneira como a desesperança é retratada nesse filme faz com que a gente sinta até uma certa claustrofobia. É um filme que pode não tratar de monstruosidades sobrenaturais, mas não deixa de ser bastante assustador ao seu modo.

O resumo da ópera é o seguinte:


 A pequena cidade de Cold Rock, no estado de Washington é o cenário sombrio em que se passa "The Tall Man". A cidade enfrenta uma série de graves problemas. Após o fechamento da mina de carvão que empregava a maioria dos moradores, Cold Rock afunda em dificuldades econômicas, sofrendo com a falta de recursos e perspectivas futuras. Aqueles que podiam, foram buscar a sorte em outro lugar, os que ficaram, sofrem com a lenta decadência da cidade na forma de uma escalada no crime, miséria e no sentimento geral de desesperança. Para piorar esse quadro de desalento, crianças da cidade estão desaparecendo das ruas, quintais e até mesmo de seus próprios quartos.



Teorias não faltam para explicar o que está acontecendo. Molestadores de crianças! Sequestradores! O diabo! Ou talvez seja o Tall Men (o homem alto), uma lenda urbana de Cold Rock: uma figura misteriosa que supostamente sequestra meninos e meninas e as leva para a floresta ou para as profundezas da mina desativada. Seja o que for, crianças continuam sumindo e uma vez desaparecidas, jamais são vistas novamente.

A Enfermeira Julia Denning (Jessica Biel), veio de fora da cidade e não acredita em lendas urbanas. Ela é a única pessoa com treinamento médico que restou em Cold Rock depois que seu marido, o médico da cidade, morreu anos atrás. Apesar das dificuldades e limitações, ela heroicamente ajuda os membros da comunidade local, faz visitas na casa de seus clientes, se preocupa com os pacientes e estende a mão para ajudar quem estiver com problemas. Todos gostam dela e dentro do possível ela é feliz. 


Julia vive em uma casa próxima da floresta, com seu filho David, que ela obviamente adora e com quem se preocupa. Em suma, ela é a antítese de Cold Rock: uma figura generosa, atenciosa, perseverante em uma atmosfera de apreensão desprovida de qualquer esperança. Numa bela noite, após beber um pouco além da conta, Julia é despertada por um rádio bradando uma série de furiosos sermões religiosos. Ao chegar na cozinha para ver o que está acontecendo, descobre que sua babysitter foi agredida e amarrada e que há um invasor dentro de casa. David é carregado por uma figura mascarada e sinistra. Naturalmente, Julia tenta de tudo para deter o sequestrador e dá início a uma perseguição de roer as unhas.



Por alguns instantes o filme brinca cruelmente com o medo de todos pais. Ter o filho sequestrado por um estranho bem diante de seus olhos e ser incapaz de deter essa pessoa por mais que tente. Sabe aqueles pesadelos em que você tenta alcançar uma pessoa e jamais consegue chegar perto o bastante? Pois é, a sequência do sequestro se estende por longos minutos, nos quais a personagem tenta de tudo para reaver seu filho e sempre que está perto falha por centímetros. 

O que se segue é um turbilhão de acontecimentos e a construção de um mistério que vai se tornando cada vez mais complexo. Lá pelas tantas, tudo o que imaginamos ser verdade acaba virado de cabeça para baixo. O sequestrador, é claro, não é o Homem Alto, mas isso não significa que o Homem Alto não exista. Logo descobrimos que existem mais segredos ocultos do que se possa imaginar e que os moradores de Cold Rock parecem estar escondendo algo. O roteiro consegue criar uma excelente estória, e quando você está confortável com o que sabe, há uma reviravolta que deixa o espectador totalmente perdido e sem fôlego. 

De certa forma, "The Tall Man" parece dois filmes absolutamente diferentes em um. A partir da reviravolta inesperada, o panorama se altera, um filme convencional de suspense, torna-se algo mais profundo e com implicações morais tratando de temas como segunda chance, comprometimento e escolhas.


Eu imagino que nem todo mundo vai gostar do final, eu mesmo tive impressões contraditórias ao terminar de assistir. Por um lado achei interessante, por outro fica uma certa frustração difícil de afastar. Realmente eu gostaria que o desfecho fosse mais bem amarrado e explicado com mais detalhes, acho que a maneira como ficou, deixa um pouco a desejar. Além disso, seria interessante que o roteiro falasse um pouco mais sobre a tal lenda do Homem Alto e como ela influenciou a pequena comunidade.

Apoiado por um elenco afinado que conta com William B. Davies (o canceroso de Arquivo X) e com Jessica Biel na melhor atuação da sua carreira, "The Tall Men" está acima da média, mas é preciso deixar claro: não é um terror convencional.

Trailer:

< name="movie" value="http://www.youtube.com/v/BxpOTV2vhDM?version=3&hl=pt_BR&rel=0">< name="allowscriptaccess" value="always">

Resenha de outros Filmes Tentaculares:





2 comentários:

  1. Um filme surpreendente. Vale realmente a pena.

    ResponderExcluir
  2. Cara, a idéia parece ser boa! Mais um triller para divertir fãs do gênero!

    ResponderExcluir